CICLISMO

Tiago Moreira: “treinar sem um objetivo deixa-nos bastante desmotivados”

“Treinar sem um objetivo deixa-nos bastante desmotivados” disse Tiago Moreira, da Tensai/Sambiental/Santa Marta, a propósito da falta de corridas para o escalão de Juniores.

O ciclista vianense não teve oportunidade de se estrear no ciclismo de Estrada. No primeiro dia da Taça de Portugal de Pista, a 18 de janeiro, sofreu uma queda e fraturou a clavícula, lesão que o afastou dos treinos por cerca de dois meses. Quando surgiu a pandemia Tiago Moreira estava a retomar os trabalhos, ainda que bastante limitados, tendo feito a sua preparação e recuperação nos rolos.

Hoje o atleta já pode treinar, sem limitações, mas a falta de um calendário de corridas acaba por desmotivar quem tanto gosta de ciclismo.

“VAMOS CONTINUAR A MANTER-NOS ATIVOS”

“Enquanto não houver novidades certas do futuro, vamos continuar a manter-nos ativos como é óbvio, mas sem grandes aventuras”, referiu Tiago Moreira, que adiantou que “continuamos a treinar para estarmos aptos para quando regressarem as corridas. Como não temos uma equipa muito grande, treinamos muitas vezes juntos e isso ajuda-nos a manter algum ânimo”.

Tiago Moreira confessou, no entanto, que “a incerteza quando ao futuro deixa-nos bastante desmotivados. Falta-nos um objetivo, um foco para treinar”.

O ciclista de Viana do Castelo continua a acreditar que “ainda poderemos ter algumas provas este ano”, mas “é tudo muito incerto. Se houver corridas terá sempre de ser com algumas restrições, mas era importante que se realizassem algumas provas”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS