HÓQUEI EM PATINS

Alegria marca “desconfinamento” da Formação do Famalicense

O Famalicense AC regressou aos treinos de pavilhão com as equipas da Formação de Hóquei em Patins. Apesar do treino ser individual, tem sido notória a alegria dos atletas, que aderiram em grande número ao retomar dos trabalhos.

Os treinos, que se realizam duas vezes por semana, estão a correr bem e servem mais para ajudar os atletas  a desconfinar ao mesmo tempo que retomam o contacto entre eles e com a modalidade…

TREINOS INDIVIDUAIS

“Os treinos estão a correr bem, dentro de todos os condicionalismos existentes devido às limitações causadas pela pandemia. São treinos que decorrem de forma individual, seguindo as normas da DGS, mas que servem para que os atletas retomem o contacto com a modalidade e entre eles porque alguns já não se viam há meses” disse José Carlos Veloso, responsável pelo hóquei em patins do Famalicense.

Aquele responsável lembra que  “eles estavam ansiosos por regressar aos treinos, ficaram muito contentes por retomar a atividade”. E aos trabalhos regressaram já os Escolares, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-19.

SENIORES RETOMAM O TRABALHO A 10 AGOSTO

A equipa Sénior, que a partir do cinco de Setembro irá participar na liguilha de acesso ao Campeonato Nacional da I Divisão, regressa aos trabalhos no próximo dia 10 de agosto, enquanto o mais pequenos (Benjamins e Escolinhas) irão retomar em Setembro, se assim for possível.

José Carlos Veloso salientou que “a maior parte dos atletas já apareceu aos treinos. É residual, o número de atletas que ainda não vieram, pelas mais variadas razões, ou estão de férias ou porque os pais ainda não estão à vontade com toda esta situação”, no entanto  “acredito que se as coisas evoluirem favoravelmente, quer na nossa zona, quer no pais, tudo vai regressar à sua normalidade. Se tudo continuar a correr bem, acredito que não vamos ter desistências de atletas. Agora o importante é seguir todas as regras que são exigidas, não facilitar para que todos juntos possamos vencer esta situação”.

REGRESSO DOS SUB-15

Para a nova temporada a grande novidade na formação é a regresso da equipa de Sub-15. Na época passada o Famalicense não contou com o escalão, mas para 2020/21 já vai participar nas provas regionais.

Juan Lópes, jogador da equipa Sénior, é o treinador, que conta, para já, com os seguintes atletas: Afonso Azevedo, Clara Carvalho e Rodrigo Salgado. Diogo Ribeiro (ex-ADB Campo), André Costa, Rodrigo Ribeiro e João Correia.

Nos Sub-13, Gabriel Silva ‘Gabi’ é o treinador e para já fazem parte da equipa Rodrigo Salgado, Santiago Grilo, Dinis Faria e Tiago Antunes. Gabriel Miranda, Matias Ribeiro, André Costa, Tomás Oliveira e Gabriel Mota. João Correia, Guilherme Oliveira e Tiago Carvalho.

Nos Escolares (Sub-11) o treinador é Jonathan Canário. Nuno Borges, António Salvador, Vasco Rodrigues e José Oliveira. Vasco Mendonça, Matilde Matos, Luísa Afonso, André Oliveira, Tomás Augusto e Carlos Silva. João Assis, Gonçalo Barbosa “Gio” e Vasco Soares são os atletas deste escalão.

ANDRÉ TORRES À FRENTE DOS SUB-17 E SUB-19
 

Os Sub-17 e os Sub-19 são orientados por André Torres. A equipa de Sub-17 é composta, para já, pelos seguintes atletas: Terito, Cristiano, Neves e Chiquinho. João Manuel, Feio (ex-HC Braga) e Mansilhas (ex-HC Braga).

Ns Sub-19 o plantel é constituido pelo Rafael Almeida, João Pedro “Futuro”, Manuel Silva, Luis Simões, João Martins, Martim Almeida, Gonçalo Barbosa, Rodrigo Trabulo e Miguel Almeida e ainda  Thomas Molina (ex-HC Braga).

Renato Fernandes, Márcio Coelho e também o Jonathan Canário vão estar à frente dos mais novos – Captação Escolinhas e Benjamins.

Fotos: FAC

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS