CICLISMO

Marco Marques esteve em alta Prémio Festas do Concelho de Fafe 2019

Marco Marques, então com as cores da Tensai/Sambiental/Santa Marta, esteve em destaque no Prémio de Ciclismo Festas do Concelho de Fafe de 2019, prova integrada no programa das Festas em honra de Nossa Senhora de Antime / Festas do Concelho de Fafe.

A edição deste ano deveria realizar-se esta tarde, estando a partida e chegada marcada para a mítica Praça 25 de Abril, local que recebe, por norma, uma das etapas da Volta a Portugal e que em 2017 viu outro vianense, Rui Sousa, vencer a etapa seis da prova rainha do ciclismo português.

Em 2019, o Prémio de Ciclismo Festas do Concelho de Fafe foi bastante movimentado e os 77 ciclistas que estiveram presentes percorreram os 85.2 quilómetros em pouco mais de duas horas. Pedro Leme (Fortunna/Maia Formação) foi o grande vencedor, batendo ao sprint um grupo alargado de ciclista. No terceiro lugar, com o mesmo tempo do vencedor, ficou Marco Marques.

“A PROVA DE FAFE É MUITO CONHECIDA NO CICLISMO”

O ciclista de Viana do Castelo começou por referir que “a prova de Fafe é muito conhecida no ciclismo, a praça já foi palco de chegadas da Volta a Portugal, já lá ganhou o Rui Sousa. Fafe costuma receber corridas a contar para a Taça de Portugal, tanto como Juniores como para Cadetes”.

“É uma corrida rápida com alguns quilómetros, quando tem passagem numa subida um bocado inclinada e torna-se ainda mais dura”, referiu Marco Marques, que recorda que “da corrida do ano passado lembro-me que não entrei muito bem colocado para o sprint, mas apanhei uma roda de um atleta do Mato Cheirinhos, que fez segundo, e deu para terminar em terceiro. Claro que fiquei satisfeito com o resultado, é sempre bom subir ao pódio”.

“ORGULHO DE ESTAR NUMA EQUIPA EM QUE TODOS TRABALHAM PARA O MESMO”

Marco Marques subiu, entretanto, ao escalão Sub-23 e alinha na Sicasal/CM Torres Vedras. O ano não tem sido fácil, pois a pandemia obrigou à suspensão de todas as competições e, por algum tempo, levou os ciclistas a treinaram, sobretudo, nos rolos.

Marco Marques considera que “tivemos momentos mais difíceis, não era aconselhado sairmos de casa e treinamos, sobretudo, nos rolos. Agora já está tudo encaminhado e a correr bem”.

As competições também estão a regressar. No domingo passado realizou-se a Prova de Reabertura, um contrarrelógio individual, e para os dias 18 e 19 realiza-se 43.º GP Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho.

Marco Marques considera que “a equipa está bastante forte. Tenho orgulho de estar numa equipa em que todos trabalhamos para o mesmo e que todos andam bem”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS