CANOAGEM

Viana GC com três pódios no ‘Nacional’ de Maratonas

O Viana Garças Clube esteve em alta no Campeonato Nacional de Maratonas, que decorreu este domingo em Montemor-o-Velho e marcou o regresso das competições de canoagem depois do interrégno devido à pandemia do Covid-19.

O conjunto de Viana do Castelo partiu ambicioso para o Campeonato Nacional de Maratonas, mas acabou por ultrapassar as melhores expetativas, com Sérgio Maciel a conquistar duas medalhas de ouro em C1 – Sénior e Sub-23 – e Rodolfo Coelho a vencer a medalha de prata em K1 Veteranos D.

Rodolfo Coelho, presidente do Viana GC, mostrou-se satisfeito com a participação da equipa no reatamento das provas.

“O Sérgio conseguiu um bom posicionamento em C1-Sub 23, ao vencer a sua categoria” começou por referir Rodolfo Coelho, que adiantou que “como correu integrado no escalão absoluto de Sénior, com a sua experiência, lutou e conquistou  o mais alto lugar no pódio”.

O presidente do Viana GC destacou que “globalmente, interessa-nos ver os nossos jovens a evoluir nesta especialidade tão dura” e nesta prova, a equipa vianense contou com a presença de dois Juniores: Gabriel Costa e César Araújo, que terminaram no top40.

Na classificação geral de clubes o Viana GC terminou na sétima posição. De salientar que foi um dos quatro clubes, todos do Minho (CN Prado, CN Ponte de Lima, Gemeses e Viana GC) a conquistar medalhas de ouro nos escalões de Juniores a Seniores.

De referir que este Campeonato Nacional serve de referência para a constituição da participação portuguesa, caso se confirmem as competições internacionais (o Europeu de Maratona está agendado para um de outubro em Budapeste).

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS