NATAÇÃO

Viana NC continua a trabalhar fora de água

O Viana Natação Clube continua a treinar fora de água. As piscinas em Viana do Castelo continuam encerradas e sem perspetivas de abrirem num futuro próximo apesar de existirem dois clubes com um grande historial e campeões na modalidade.

Para colmatar este problema, o Viana NC, que já está a trabalhar fora de água há algum tempo, tem procurado soluções. Fazer atividades no rio e procurar piscinas em clubes privados são algumas delas…

“Infelizmente as piscinas continuam todas encerradas. Temos mantido os treinos diários em seco e vamos fazendo algumas atividades no rio” começou por referir Vânia Neves, treinadora do Viana NC, que garantiu que “estamos ainda à procura de soluções em piscinas em clubes privados”.

“É COMPLICADO MANTER O FOCO”

Manter a equipa a treinar e motivada começa a ser cada vez mais difícil “neste momento é complicado manter o foco, principalmente, porque as aulas já terminaram para a maior parte deles e eles continuam a não fazer o desporto que gostam. Se eles optaram pela natação não é para andarem a correr e fazer circuitos em seco. Por isso, a motivação deles não é a melhor”. Tanto mais quando os nadadores “sabem que a maioria das equipas já retomaram os treinos na piscina e eles nem têm perspetivas de regresso. Estamos a ficar um passo atrás em relação à maioria das outras equipas”, disse aquela treinadora.

“EXPLICAR AOS ATLETAS QUE OUTROS NADADORES JÁ TREINAM EM PISCINAS MUNICIPAIS E NÓS CONTINUAMOS SEM PERSPETIVAS… É COMPLICADO”

Vânia Neves lembra que “nós numa época normal fazemos sempre alguma preparação fora de água, mas o foco é nos treinos na piscina. Nós já estamos fora da piscina há quatro meses, assistimos à retoma de algumas equipas por todo o país, algumas estão a trabalhar há mais de mês e meio e nós não temos hipóteses. Explicar aos atletas que outros nadadores já treinam em piscinas municipais e nós continuamos sem perspetivas de voltar ao nosso local de trabalho é complicado”.

TREINOS NUM CLUBE PRIVADO PARA NÃO DEIXAR MORRER A NATAÇÃO EM VIANA DO CASTELO

O Viana NC tem tentado ultrapassar este handicap e já conseguiu fazer um treino ou outro na piscina do Amorosa Clube, mas “é um esforço enorme que o Viana NC está a fazer para não deixar morrer a natação em Viana do Castelo. Infelizmente foi a nossa melhor opção neste momento, porque se isso vamos perder alguns miúdos”.

De resto, os meses de verão são, por norma, os mais complicados para os clubes porque “os miúdos tinham que vir treinar numa altura em que os colegas já iam para a praia ou passear. Mas se é complicado numa situação normal, agora ainda mais porque eles sentem que estão a treinar só por treinar e como não é o que gostam de fazer, tudo se complica”.

“QUANDO ABREM AS PISCINAS?”

Interrogada sobre quais são as perguntas que mais ouve dos atletas, Vânia Neves referiu que “neste momento, o que mais me perguntam é quando abrem as piscinas, mas eu a essa pergunta não consigo dar resposta. Mas é uma pergunta que ouço diariamente…”.

O Viana NC ainda não registou qualquer desistência, mas Vânia Neves teme que alguns atletas acabem por deixar a natação…

“Ainda não tive nenhuma desistência, mesmo com os treinos da decorrerem fora de água. Tenho lançado desafios, inventado treinos diferentes para que os nadadores não entrem num nível de saturação extrema”, disse aquela treinadora, que lembrou ainda que “já no dia a dia estes atletas não têm as condições ideais de treino, ficam muito aquém de outros clubes, mas conseguimos contornar isso. Agora, com esta longa paragem, vamos deixar de conseguir lutar pelos resultados. Até porque uma boa parte dos clubes já retomaram os treinos há algum tempo”.

FUTURO É UMA INCÓGNITA

Quanto ao futuro, Vânia Neves mostra-se pouco otimista: “numa altura em que já se começa a definir o calendário da próxima temporada temos pelos resultados do Viana NC. As expetativas dos atletas podem não se concretizar. Nadadores que se destacaram nos Zonais ou que foram aos pódios dos nacionais vão ter imensas dificuldades de lutarem por esses resultados. No próximo ano vai ser mais complicado”.

Vânia Neves deseja que “o Viana NC retome a atividade normal muito em breve”, para já com uma alternativa “treinar na piscina de um clube privado, mas não sei até que ponto será sustentável para o próprio clube porque esta pandemia veio fragilizar todos os clubes e com este esforço para retomar a atividade será muito complicado”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS