BASQUETEBOL

BC Barcelos ambicioso para o próximo biénio

Apostar forte na Formação, na captação de atletas, manter o rigor orçamental e tentar colocar as equipas Seniores no segundo escalão do Basquetebol são os grandes objetivos da direção presidida por António Faria que ontem tomou posse para o próximo biénio, numa sessão que contou com a presença do Diretor Técnico da Associação de Basquetebol de Braga, José Gomes, e do represente da Junta de Freguesia de Barcelos, Alberto Martins.

“Partimos para este biénio com os mesmos objetivos: fazer uma forte aposta na formação, na captação de atletas para o minibasquete e continuarmos com o rigor orçamental. A juntar a tudo isto queremos, aos poucos e poucos, chegar o mais longe possível na Competição” disse António Faria.

O SONHO DE VER A EQUIPA MASCULINA NA PROLIGA E A FEMININA NA I DIVISÃO

O presidente do BC Barcelos confessou que “o meu sonho é, neste biénio, colocar a equipa Sénior masculina na Proliga e a equipa feminina na  Divisão”, lembrando que “as competições profissionais requerem uma estrutura e investimentos que o BC Barcelos ainda não tem, por isso, vamos tentar levar as equipas ao segundo escalão do Basquetebol (Proliga e I Divisão feminina) e consolidar a nossa posição”.

Para já as duas equipas estão empenhadas na luta pela subida à I Divisão: “estávamos bem encaminhados para assegurar a subida. O nosso trabalho ficou a meio. Agora temos as Poules de Acesso e vamos tentar conseguir atingir o nosso objetivo. As equipas estão quase fechadas e dão-nos garantias de poder lutar. Resta-nos agora regressar aos trabalhos, que pensamos pode acontecer já na primeira quinzena de julho”.

“FORTALECER A FORMAÇÃO”

A par da aposta e apoio à competição, o BC Barcelos “vai continuar a apostar e a fortalecer a Formação, porque só com uma Formação forte poderemos ter a base para as equipas seniores de amanhã. Também vamos continuar a apostar na captação de minibasquete. Sabemos que esta questão não vai ser fácil com este cenário, ainda há muitas reservas e medos”, disse António Faria, que lembrou que “no ano passado fomos o clube nacional com mais atletas federados e isso diz bem da nossa aposta, que passa também pelo projeto TIMB, que é muito importante para o clube e é para continuar”.

AÇÃO DE MINIBASQUETE EM JULHO

A pensar na captação, o BC Barcelos pretende avançar já no próximo fim de semana com “ações de sensibilização e captação para o minibasquetebol, seguindo todas as indicações de segurança e reduzindo os grupos a cinco atletas com treinos de 30 minutos”.

Quanto ao regresso aos treinos, António Faria garante que o BC Barcelos está a tentar de tudo para retomar os treinos durante o mês de julho, mas “queremos fazê-lo no pavilhão, no nosso espaço para evitar lesões e problemas nos atletas”. De qualquer das formas “temos que regressar o mais rápido possível até porque com as Poules de Acesso as competições iniciam-se três semanas antes do previsto”.

António Faria considera ainda prioritário “o regresso aos treinos dos escalões de Formação, para eles sentirem que não os abandonamos e que estamos em condições de os receber”.

JOEL SÁ LEMBROU OS 25 ANOS

Joel Sá, presidente da Assembleia Geral, também dirigiu umas palavras aos presentes na cerimónia, lembrando os 25 anos que o clube completa no início de setembro: “o BC Barcelos nasceu de um sonho de um grupo de jovens ambiciosos, que decidiu dar aos barcelenses a possibilidade de praticarem outro desporto para além do futebol e do hóquei em patins”.

“Durante estes 25 anos o clube conseguiu coisas muito importantes, resultados extraordinários, mas acima de tudo teve uma vertente social muito importante. Passaram 25 anos desde a sua criação, ainda é um clube jovem, mas que já se tem o seu lugar no seio do basquetebol”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS