VOLEIBOL

CARTaipense de regresso aos treinos no pavilhão

A equipa sénior de Voleibol Feminino do CARTaipense regressou esta noite aos treinos de pavilhão, mais de três meses depois da paragem devido à pandemia do Covid-19.

O regresso aos treinos fica marcado pelas muitas restrições e a divisão do plantel em grupos, mas a reação das atletas não podia ser mais positiva.

“Ainda estamos numa fase muito inicial do regresso aos trabalhos” começou por referir Pedro Freitas, treinador que se vai manter à frente da equipa Sénior de Voleibol do CARTaipense.

O técnico adiantou que “os trabalhos são ainda muito limitados à componente física, sem bola, e com grupos pequenos de atletas. Hoje treinaram sete, no próximo treino vão estar oito”.

“ERA IMPORTANTE REGRESSAR”

Apesar das limitações, Pedro Freitas considera que “era importante regressar. Nós vamos participar num Playoff de subida, que não sabemos como se vai disputar, sabemos apenas que se vai realizar em dois fins de semana em setembro. E era necessário começar a preparar as atletas para que fisicamente estejam aptas para realizar os jogos. Se começássemos só em setembro não iríamos ter capacidade de realizar três jogos num fim de semana”.

De resto, “também não podíamos arriscar a integridade física delas. É preciso precavermo-nos para todas as situações e, por isso, decidimos avançar com os treinos de uma forma diferente, com grupos pequenos e visando apenas a componente física. Para já não podemos ter contacto com bola e só o faremos quando tivermos indicações para isso. Pretendemos avançar com todas as precauções e sempre com o receio que isto leve outra volta. Vivemos num tempo de grande incerteza e nada nos garante que isto não sofra outra paragem”.

Interrogado sobre a reação das atletas no regresso aos treinos, Pedro Freitas referiu que “a reação foi muito positiva. As atletas estão com vontade de regressar ao que era o normal. Claro que elas queriam ter contacto com bola e praticar o desporto que tanto gostam, mas mesmo com tantas restrições elas gostaram imenso de regressar aos treinos”.

“NÓS LUTAMOS SEMPRE PARA GANHAR”

O CARTaipense vai participar na Fase de Apuramento da Subida à II Divisão Nacional e Pedro Freitas garante que “nós lutamos em cada jogo para ganhar” assumindo assim a luta pela subida de divisão.

Pedro Freitas considera, no entanto, que “dentro da justiça que poderia haver, criou-se um cenário de injustiça. Continuamos a pensar que o melhor era ter dado a época 2019/20 por terminada. Começava-se uma nova época em setembro. Com a criação desta fase está-se a dar oportunidade a quem não se preparou ou não foi competente durante uma época, de poder vir a ser Campeão”.

“Nós estávamos bem lançados para lutar pelo acesso à subida. Agora estão oito equipas elegíveis para a lutar pela subida, se todas se inscreverem. Certo, é que nós lutamos em cada jogo para ganhar e é o que vamos fazer independentemente dos jogos que tivermos que fazer” referiu Pedro Freitas, que sobre o plantel afirmou que “ainda não está fechado”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS