FUTSAL

Diogo Dias sonha representar a Seleção A

“O meu grande objetivo é chegar um dia à Seleção Nacional A”, disse Diogo Dias, atleta que renovou recentemente pelo Nun’Álvares, clube que está apurado para disputar a Poule de Subida ao Campeonato Nacional da I Divisão de Futsal.

Diogo Dias começou no futebol, mas é no futsal que tem dado cartas e no seu ano de estreia em Fafe espalhou magia ao serviço do Nun’Álvares. Para o futuro mais próximo o jogador de Braga não tem dúvidas: “o meu grande objetivo passa por jogar na I Divisão” e adiantou “trabalhando arduamente e de forma a chegar um dia à Seleção A”.

Diogo Dias é, oficialmente, Sénior desde a época passada, mas o jogador de Braga já conhecia bem o escalão porque “durante a minha formação fiz muitos jogos entre os Juniores e os Seniores”. Claro que “jogar nos Seniores é diferente. Encontramos jogadores mais experientes e como sempre joguei na II Divisão é outra exigência. Aos poucos fui-me adaptando a jogar nos Seniores e aprendendo com os mais velhos”.

BEM RECEBIDO NO NUN’ÁLVARES

Este ano a adaptação ao Nun’Álvares correu muito bem: “a minha adaptação foi excelente, claro que foi todo um processo porque era um clube novo, com colegas novos, que facilmente me integraram na equipa, tanto diretores, como treinadores e jogadores”.

“JÁ TINHA EM IDEIA RENOVAR COM O NUN’ÁLVARES”

Diogo Dias vai continuar a vestir as cores do Nun’Álvares Futsal por mais um ano, uma renovação que o deixa muito satisfeito: “no início da pandemia o clube ligou-me. Já contava com essa chamada e já tinha em mente renovar com o Nun’Álvares” e lembrou que “vim com o compromisso de ajudar o clube a atingir os objetivos a que o clube se propôs. Com tudo sentimos que nos atrasaram naquela que era a nossa meta, por isso nem hesitei em dizer que continuava no clube. De certa forma também seria ingrato falhar com a direção, com pessoas que se disponibilizam para nos ajudar e nunca nos falham com nada”.

“CONTINUAMOS MOTIVADOS E COM O MESMO OBJETIVO”

De resto, o Nun’Álvares estava bem encaminhado na luta pela subida à I Divisão, quando surgiu a pandemia. “Estávamos no bom caminho, a equipa sentia-se muito motivada e estávamos num bom momento de forma. No seio do clube sentíamos que a subida seria possível porque todos nós remávamos para o mesmo lado”, referiu Diogo Dias.

O atleta de Braga garante que o Nun’Álvares vai tentar atingir a meta traçada no início do ano na Poule de subida: “continuamos todos motivados e com o mesmo objetivo. Sabemos que não vai ser fácil, mas pela primeira vez temos o clube está a três eliminatórias da subida para a I Divisão”.

Diogo Dias garante, no entanto, que não pressão para assegurar a subida: “acho que não existe pressão, pois ninguém imaginava que o país chegasse ao estado em que estamos. Também não era fácil encontra uma solução que agradasse e beneficiasse todas as equipas. Talvez esta tenha sido a solução mais viável e é com esta que temos que lidar. Todas as equipas vão dar o seu máximo para chegar à subida. Só por aí vai ser uma fase difícil, mas o Nun’Álvares está motivado e vai lutar para atingir os seus objetivos”.

DISPENSADO DO FUTEBOL… BRILHA NO FUTSAL

Diogo Dias começou a sua carreira desportiva no Futebol:  esteve cinco anos na formação do SC Braga e ainda fez captações para o Gil Vicente, mas foi no Futsal que encontrou o seu espaço: “sempre me disseram que tinha perfil para o Futsal, mas fiz uma parte da formação no Futebol. Depois de não ter ficado no Gil Vicente decidi tentar o Futsal. Fui ao SC Braga/AAUM treinar, fiquei e fiz lá uma época”. Diogo Dias esteve um ano ao serviço do SC Braga/AAUM, seguiu para o ADC Nogueiró Tenões e o ano passado assinou pelo Nun’Álvares. Hoje não tem dúvidas optar pelo Futsal “foi a melhor opção que tomei, e sei que aos poucos vou conseguir chegar onde quero”.

Para já o importante era assegurar a subida à I Divisão: “seria excelente para o clube, para mim e para os mais novos, que assim podem ter a oportunidade de jogar na I Divisão, num clube como o Nun’Álvares, que é excelente”.

TREINOS FAZEM-SE DE CASA

Diogo Dias, tal como todos os seus colegas, continua a trabalhar de casa, seguindo um plano de treinos enviado pelo clube: “numa primeira fase depois de aparecer a pandemia, em que não sabíamos como seria o desfecho do campeonato, nós (equipa) mantivemos treinos físicos via zoom. Depois com o cancelamento dos campeonatos foram-nos disponibilizados planos de treino e fui sempre trabalhando em casa”.

Agora o clube e jogadores aguardam por novidades quanto ao regresso das competições… “agora estamos à espera de que marquem as datas das Poules e do arranque dos Campeonatos. Para já continuamos a treinar de casa e na expetativa do regresso das competições”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS