Sem categoria

Academia de Patinagem do Ave regressa aos treinos

A Academia de Patinagem do Ave – Associação PatinAve regressou esta semana aos treinos de preparação que se realizam em ringues ao ar livre. O regressou deu-se no dia da criança e a festa – com o devido distanciamento – não podia ter sido mais efusiva.

“A patinagem artística foi obrigada a parar como todo o desporto devido à pandemia covid 19. No entanto, fizemos todos os esforços para mantermos os miúdos ativos e incentivados, colocando desafios diários e fazendo treinos online” começou por referir Orlanda Cardoso, presidente da APA-PatinAve, que referiu que “sem dúvida que foi muito tempo de quarentena, e agora que finalmente, deram ordem de desconfinamento para o desporto e para os atletas federados, arrancamos com os nossos treinos”.

“TIVEMOS UMA ADESÃO INCRÍVEL NESTE REGRESSO”

“Iniciamos no dia um de junho, dia mundial da criança, e foi a melhor prenda que lhes poderíamos ter dado. Tivemos uma adesão incrível neste regresso, pois estavam todos com muitas saudades”, disse a presidente da APA-PatinAve.

Orlanda Cardoso referiu que este regresso foi possível graças à ajuda e apoio da Junta de Freguesia de Delães: “graças à ajuda crucial da junta de freguesia de Delães (onde agora nos encontramos sediados) e à qual agradecemos todo o apoio, conseguimos a utilização de dois campos ao ar livre. Permitindo-nos assim, iniciar nesta primeira fase, um regresso mais assegurado, e claro, mantendo todas as normas de segurança. Temos grupos de cinco atletas e um treinador, seguimos cautelosos para que tanto atletas e pais se sintam com segurança”.

“ESTAMOS MUITO FELIZES COM ESTE REGRESSO”

“Estamos muito felizes com este regresso, temos já novo calendário da época, que esperamos poder cumprir. Mas claro que, neste momento tudo ainda é incerto, pois temos de ir trabalhando consoante a evolução da situação em que nos encontramos atualmente”, referiu Orlanda Cardoso.

A época de Patinagem Artística não está encerrada, mas muitas das provas ficaram sem efeito. A presidente da APA-PatinAve salienta que “claro que em termos de época 2020, muita coisa foi perdida, mas estamos confiantes que teremos ainda muito que conquistar até ao final do ano”.

Quanto aos objetivos para o que resta da época, aquela responsável não tem dúvidas: “primeiro queremos regressar à normalidade”, mas “sem descurar de todo os objetivos que tínhamos já traçados com cada atleta, pois acho fundamental que apesar de não termos pela frente grande parte das competições, teremos certamente em 2021, e aí teremos os atletas com os seus objetivos pessoais ainda mais bem preparados para conseguirem excelentes resultados”.

Interrogada sobre se não receia perder atletas, Orlanda Cardoso referiu que “não acredito que haja desistências. Os atletas que ainda não regressarem é apenas por uma questão de ainda não se sentirem totalmente seguros, preferem aguardar o desenrolar do desconfinamento e depois sim, regressarem com mais certeza”.

AGRADECIMENTOS À EQUIPA TÉCNICA E JUNTA FREGUESIA DELÃES

Na hora do regresso aos treinos, Orlanda Cardoso deixou uma palavra de agradecimento à equipa técnica e à Junta de Freguesia de Delães.

Deixo aqui um agradecimento muito especial, à minha equipa técnica, que durante todo este tempo de quarentena, fez de tudo para manter os atletas motivados e no ativo. É sem dúvida um grande orgulho para mim trabalhar com pessoas dedicadas à patinagem, à academia e aos atletas”.

“Também um agradecimento ao Presidente da junta de Delães, Francisco Gonçalves, e à sua comitiva, pela forma como nos acolheram e nos têm apoiado e contribuído para que este regresso fosse possível”, afirmou Orlanda Cardoso.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS