HÓQUEI EM PATINS

Pedro Gomes mantém-se na coordenação técnica da ED Viana

Pedro Gomes mantém-se como Coordenador Técnico da secção de Hóquei em Patins da Escola Desportiva de Viana, formação que se apresenta para 2020/21 com algumas alterações, quer a nível de treinadores, quer de equipas.

“O projeto que estamos a estruturar para a nova época vai ser um projeto de continuidade. Vou continuar na coordenação e estamos a construir equipas técnicas capazes de dar resposta ao desafio a que nos propomos, queremos elevar ao máximo os nossos miúdos e a nossa formação”, disse Pedro Gomes, que confirmou que a ED Viana vai ter na próxima época seis escalões da formação e os Seniores. A ED Viana deixa cair a equipa de Sub-23, com os atletas a serem promovidos à equipa Sénior.

LUCIANO AMORIM E PEDRO LOPES REGRESSAM À EDV

Luciano Amorim e Pedro Lopes reforçam a equipa de técnicos de Hóquei em Patins da Escola Desportiva de Viana, formação que continua a ter como Coordenador Técnico Pedro Gomes.

Os dois treinadores acabam por regressar a uma casa que bem conhecem. Luciano Amorim esteve, na época finda, ao serviço da AD Barcelos/Campo e Pedro Lopes passou pela Juv. Viana.

BALANÇO POSITIVO

Pedro Gomes, que chegou à ED Viana há duas épocas, faz um balanço positivo do trabalho realizado em 2019/20. “Ficamos sempre satisfeitos com o desempenho dos nossos atletas”, começou por referir o coordenador técnico do Hóquei em Patins da ED Viana, que acrescentou que “mas ficou um sabor amargo porque este ano podia ser um ano de conquistas para a EDV, se não tivéssemos perdido alguns atletas na passagem de época”.

Esse é um problema que afeta a EDV, como outros clubes, ano após ano, já que não há proteção da formação… “Não há qualquer proteção para os clubes formadores. Os atletas são livre de no final de cada época escolherem o seu caminho. A partir dos Sub-17 fica mais complicado porque existe o valor de transferência por atleta, mas mesmo assim não é grande entrave”.

“OTIMISTAS PARA O FUTURO ”

Apesar da época ter sido interrompida, Pedro Gomes considera que “tivemos um ano positivo que nos permite estar otimistas para o futuro”.

Para a época 2020/21 a ED Viana vai avançar com seis escalões na formação: Sub-9, Sub-11, Sub-13, Sub-15 Sub-17 e Sub-19, deixando cair a categoria de Sub-23: “vamos pegar na nossa equipa de Sub-23 e promovê-la a sénior”.

Aos poucos os nomes dos treinadores vão surgindo, certo é que a ED Viana pretende dar tempos aos jovens para crescerem e aprenderem e apenas nos Sub-17 e Sub-19 o clube estará mais focado nos resultados.

FORMAÇÃO? “NÃO QUEIMAR ETAPAS”

“Respeitando as competências individuais e coletivas a atingir durante os treinos e competições junto das nossas crianças e jovens projetamos um desenvolvimento a longo prazo sem ‘queimar’ etapas. A cada uma destas etapas estão associados todos os conhecimentos que atleta deve adquirir.  Com a exceção das etapas de especialização, a construção do modelo de jogo tem de ser obrigatoriamente centrada no desenvolvimento dos nossos atletas sendo fundamental permitir que estes desempenhem funções variadas num jogo”, disse Pedro Gomes, que acrescentou que “pretendemos que as equipas técnicas sejam coerentes ao nível das rotinas, da forma de comunicação e terminologia utilizada, dos princípios e conceitos chaves conseguindo dessa forma elevar o seu desempenho e, logicamente, a qualidade de aprendizagem dos nossos atletas”.

“Vamos estar focados nos resultados apenas nos escalões de Sub-17 e Sub-19 e equipa sénior. Todos os restantes escalões vão ter o seu processo normal de formação. Vamos trabalhar o nosso modelo de jogo de cima para baixo”, referiu Pedro Gomes.

“QUEREMOS UMA MENTALIDADE NOVA”

O coordenador técnico da ED Viana referiu ainda que “queremos uma mentalidade nova e com objetivos a curto/médio prazo. Temos muito sangue novo que temos que aproveitar e valorizar. Sentimos que este tem que ser o ano da afirmação da EDV”.

Qual o maior receio que tem para a nova época? “Sem dúvida que surja uma nova vaga do Covid-19”, disse Pedro Gomes, que teme que os atletas se afastem da modalidade e do clube devido ao medo que ainda existe do vírus e à crise económica: “do feedback que tenho tido dos pais, não receio que os atletas saiam da modalidade ou da ED Viana. Agora este ainda é um vírus desconhecido, ainda existe muito medo e isso pode levar a um certo receio de regressar aos treinos. Depois temos a recessão da economia, que vai afetar mais algumas modalidades e o Hóquei em Patins é uma modalidade muito cara”.

RETROCESSO DA EVOLUÇÃO DOS ATLETAS

A suspensão dos treinos e competições vai levar ainda a um retrocesso na evolução dos atletas: “Mas sem a menor dúvida. Estávamos num crescendo de meninos a ingressar na nossa escolinha, tínhamos cerca de 30 meninos, cheios de vontade e esta situação não veio mesmo ajudar. Na nossa modalidade uma paragem de dois meses notasse imenso e quem estava a aprender viu-se, de repente sem a continuidade dos processos”.

Para chamar cada vez mais meninos/meninas ao Hóquei em Patins, a ED Viana está a tentar estabelecer protocolos com o Município e a tentar perceber qual a realidade das AECS. Certo é que já adquiriu 25 pares de patins próprios para a iniciação e conta com um nome forte nessa área para dar um novo impulso à modalidade.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS