CANOAGEM

Darque KC faz recolha de sangue na sexta-feira

A Darque Kayak Clube leva a efeito na próxima sexta-feira, entre as 15 e as 19 horas, no Centro de Canoagem, uma campanha de recolha de sangue em articulação com a Associação de Dadores de Sangue da Meadela e Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

A três dias do evento, o primeiro do género promovido pelo clube de Viana do Castelo, a direção da Darque KC “apela à participação de todos” na campanha.

“Gostávamos de ter o máximo de pessoas possível, para acudir à falta de sangue”, referiu Américo Castro, presidente da Darque KC, que lembrou que “neste período em que o sangue mais escasseia em virtude da pandemia, é necessário sermos todos mais solidários, e nós, como clube apelamos a que o façam”.

O Centro de Canoagem “possui posto médico e espaços bastante amplos, limpos e desinfetados, seguros para a recolha de sangue, que vai ser efetuada segundo as orientações do Instituto, em respeito de todas as regras de segurança”, assegurou aquele responsável.

As inscrições devem ser feitas para darquekc@sapo.pt

DARQUE KC A TREINAR COM TODOS OS CUIDADOS

A Darque KC está, entretanto, a regressar gradualmente aos treinos na água. As duas primeiras semanas decorreram sob um clima de muito entusiasmo e alegria por parte dos atletas que estiveram dois meses fora de água.

“Os treinos estão a correr muito bem e com todos os cuidados. Recentemente fomos certificados pela Câmara Municipal de Viana do Castelo. Apostamos ainda na higienização, com o apoio de funcionária do Município”, disse Américo Castro.

“Reforçamos o número de técnicos e quase todos os atletas regressaram à atividade. Alguns, poucos, ainda aguardam. É natural e têm toda a nossa compreensão. Felizmente possuímos condições únicas da prática da modalidade que nos permite alargar o número de praticantes sem ter que partilhar material”, referiu o presidente da Darque KC, que adiantou que “pensamos que estamos a ajudar as famílias, pois têm aqui os miúdos ocupados, contentes e ao ar livre com a segurança possível…”.

Américo Castro lembrou ainda que “ao mesmo tempo trabalhamos na parte social com a recolha de sangue. Ser útil e ter a nossa comunidade feliz é o nosso lema desde há 26 anos, incessantemente repetido.  Agradecemos antecipadamente a ajuda na campanha de recolha de sangue que é muito importante, sobretudo, porque a maioria dos inscritos são novos dadores. O que é muito bom”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS