FUTEBOL FEMININO

Roger Pinheiro treina recém-criada equipa do Varzim SC

Roger Pinheiro foi o treinador escolhido para assumir os destinos da recém-formada equipa feminina do Varzim SC, clube que vai militar no Campeonato Nacional da II Divisão.

O clube apresentou hoje a equipa técnico e o projeto, explicando que o Varzim vai ocupar o lugar do Bonitos de Amorim na II Divisão.

“Depois de negociações, nas quais se empenharam os dirigentes do Centro Social Bonitos de Amorim, conjuntamente com a direção do Varzim, ficou acordado uma parceria entre os dois clubes que permite a integração do Futebol Feminino no Varzim” explicou o presidente do Varzim, Edgar Pinho.

Roger Pinheiro, treinador da zona de Amares que nos últimos anos esteve ao serviço do SC Braga, foi o escolhido para assumir a equipa e vai ser acompanhado por André Gonçalves (treinador adjunto), José Barroso Pereira (treinador de guarda-redes) e Tomás Luís (preparador físico).

Durante a apresentação, Roger Pinheiro afirmou que este é “um projeto que agarro com toda a energia porque se fundamenta naquilo que, para mim, é o mais importante, criar alicerces numa modalidade que me diz muito para seguir em frente com os objetivos do Varzim e que passam por um crescimento sustentado”.

Joana Furtado e Elisa Faria, capitãs da equipa feminina do Varzim também marcaram presença, em representação do grupo. Joana Furtado mostra-se orgulhosa por esta nova etapa. “Queremos agradecer a oportunidade de representarmos este clube centenário e por o Varzim acreditar no projeto já existente do Centro Social Bonitos de Amorim. É um projeto promissor e que, certamente, dará muitas alegrias à cidade. Agora, é aguardar pelas diretrizes da DGS e da FPF para estarmos, o mais rapidamente possível, de regresso ao campo e podermos defender as cores do Varzim”.

Foto: José Alberto Nogueira

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS