NATAÇÃO

SC Braga viveu semana de intensa alegria

“Foi uma semana de sorrisos. Em termos psicológicos foi uma semana muito positiva” foi assim que Luís Cameira, coordenador técnico na natação do SC Braga, classificou a primeira semana de trabalhos depois da suspensão de toda a atividade da secção devido à pandemia do coronavírus.

Para já regressaram aos treinos José Paulo Lopes e Tamila Holub, sob a orientação de Luís Cameira, que durante a semana fizeram sessões bi-diárias de trabalhos, uma na piscina e outra mais física, feita em casa.

O regresso à piscina, na passada segunda-feira, foi um dia de emoções fortes… Os dois nadadores estiveram mais de sete semanas sem ir à água e o primeiro treino acabou por ser estranho…

“O PRIMEIRO DIA FOI MUITO ESTRANHO”

“Na segunda-feira foi um dia muito estranho, eles sentiram-se muito estranhos na água. Sentiram-se pesados, sem sensibilidade. Afinal estiveram sete semanas e meia sem ir água, o que já não lhes acontecia desde pequeninos. Com tanto tempo afastados da piscina a sensibilidade perdeu-se”, referiu Luís Cameira.

O treinador do SC Braga lembrou que “a natação é um desporto muito especial, com aspetos muito próprios que não se podem fazer em casa., não se pode comparar com outros desportos. Com tanto tempo sem contacto com água perde-se, para além de todas as outras capacidades físicas, a sensibilidade”.

“READQUIRIR SENSIBILIDADE À ÁGUA”

Por isso, nesta primeira semana de trabalhos “o objetivo foi o de readquirir a sensibilidade à água e aos poucos virá o resto, os trabalhos mais físicos. Mas isso apenas será feito quando se sentirem melhor”.

Esta sexta-feira, Tamila e José Paulo: “já se sentiram muito melhor. Sabemos que este é um processo longo, mas temos tempo. Os jogos Olímpicos só se realizam daqui a 15 meses e a primeira grande competição é em dezembro, o Campeonato do Mundo de Piscina Curta, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Temos bastante tempo para nos prepararmos”.

“Nesta altura vamos aproveitar a facilidade que o SC Braga nos está a possibilitar e também temos que agradecer à Câmara Municipal de Braga que foi recetiva e sensível à questão destes dois nadadores de alto rendimento e que impediu que ficassem mais tempo sem ir para a água”, disse Luís Cameira, que adiantou: “eles estão a apoiar-nos em tudo e vão continuar. Nós, entretanto, vamos encetar esforços para que nos possam ceder a piscina de 50m o mais tardar em junho. Depois com uma piscina exterior, com muito mais espaço talvez se consiga trazer mais atletas ao longo do verão. Porque para além destes dois nadadores temos uma equipa e temos que olhar para os restantes nadadores que são de competição”.

REGRESSO AOS TRABALHOS DIVIDIDOS EM TRÊS FASES

Segundo Luís Cameira o planeamento para o regresso aos treinos normais está dividido em três fases. “Numa primeira fase vamos estar a Tamila e o José Paulo a treinar. Numa segunda fase, e essa depende sempre do que for determinado pelas autoridades de saúde e pelo governo, pretendemos avançar com os restantes nadadores de competição, começando sempre pelos mais velhos.  Essa fase poderá avançar quando tivermos a piscina descoberta e dentro de toda a segurança e normas de higiene. Em setembro preparamo-nos para avançar com a terceira fase e que passa pela abertura das escolas de natação”.

“Estamos a trabalhar em sintonia com o clube e Câmara Municipal para dar passos bem seguros e dentro de todas as normas impostas da DGS e Secretaria de Estado do Desporto, para podermos avançar paulatinamente com estas três fases”, referiu Luís Cameira, que adiantou que “o governo anunciou que vai lançar novas diretrizes a partir de 15 maio, penso que antes de junho não deve dar autorização para que se regresse às piscinas. Se der, temos suporte legal para trabalhar na fase dois”.

LUÍS CAMEIRA: “COM ALEGRIA E SATISFAÇÃO”

Luís Cameira está a viver esta semana “com uma alegria e uma satisfação enorme. É passar do teletrabalho para o espaço real, para o meu habit habitual. Foi uma semana de sorrisos partilhada entre os três. Estávamos no nosso espaço habitual. Foi uma semana de grande satisfação, em que já fizemos planeamentos, falamos das competições, perspetivamos estágios. Foi uma semana muito positiva”.

Mas uma paragem tão longa pode deixar marcas… “se houvesse competição nos próximos meses é evidente que os nadadores não estariam no seu melhor nível, mas temos tempo para recuperar. A primeira grande competição é em dezembro”.

De resto “nós começamos os trabalhos esta semana, vamos paulatinamente aumentando o grau de dificuldade dos treinos e não vamos parar em agosto. Já estivemos a falar, a CM Braga está recetiva, e vamos continuar a trabalhar. O SC Braga, normalmente, começa a época a um de setembro e nós vamos começar a época muito bem preparados”.

Para a nova época, o SC Braga tem muitos objetivos. Desde logo que José Paulos Lopes consiga os mínimos para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2021. “O José Paulo continua com objetivo de chegar aos JO, agora tem 15 meses para bater os mínimos e essa é a ambição porque queremos ter os dois nadadores em Tóquio”.

Certo é que José Paulo Lopes e Tamila Holub já carimbaram o passaporte para o Campeonato do Mundo de Piscina Curta, que se realiza em dezembro, e para o Campeonato da Europa de Piscina Longa, que se realiza em maio, em Budapeste.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS