CICLISMO

Joana Santos que “usufruir de cada momento do BTT”

Joana Santos, da Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo, é uma das promessas no ciclismo feminino no Minho. Campeã do Minho de Juniores em BTT XCO, logo no seu primeiro ano na categoria, a ciclista famalicense sonha chegar o mais longe possível, mas “acima de tudo usufruir de cada momento do BTT”.

Joana Santos, que está há cinco anos na equipa famalicense da Tomatubikers / Toyota – Macedo & Macedo, entrou na presente época com responsabilidades redobradas, pois enverga a camisola de Campeã do Minho. Mas a ciclista garante que “entrei na época com o mesmo sentimento de sempre”.

“CONQUISTAR O CAMPEONATO DO MINHO”

Claro que “o meu objetivo para este ano passava por conquistar o Campeonato do Minho na minha categoria e vencer o Campeonato Concelhio de Famalicão. Com esta situação o Campeonato Concelhio foi cancelado e fica fora dos planos. Assim, estou totalmente focada no Campeonato do Minho”, referiu a atleta de Famalicão.

Joana Santos participou no 6.º BTT XCO de Melgaço, primeira e única do Campeonato do Minho disputada esta temporada. A ciclista de Famalicão terminou na segunda posição atrás de Inês Lapa, do Clube BTT Matosinhos…

“Todos os inícios de época são um desafio, tanto a nível físico como emocional. O objetivo era fazer uma boa prova e conseguir o melhor lugar possível” disse Joana Santos, que considerou que “o balanço foi positivo, mas poderia ter sido melhor”.

“FOI UMA ÉPOCA MUITO POSITIVA”

Na época passada, a ciclista de Famalicão venceu quatro das seis corridas do Campeonato do Minho BTT XCO – Score Tech, tendo terminado em segundo nas outras duas… “foi uma época muito positiva, pois consegui alcançar o meu objetivo que era ser Campeã do Minho.  As provas no geral correram bem, não tive nenhuma lesão grave e para mim isso já se torna um balanço bastante positivo”.

Com a suspensão das provas e dos treinos em equipa devido ao Covid-19, Joana Santos viu-se obrigada a treinar em casa: “a minha preparação está a correr bem. Os treinos são feitos em casa, seguindo os planos que o meu treinador me envia”.

Para além dos treinos, Joana passou a ter aulas de casa “treinar e ter aulas em casa é fácil, consegue-se conciliar bem os horários”, mas “torna-se uma rotina”.

Joana Santos estudo no 10.º Ano, mas, confessa, ainda não sabe o que pretende seguir… “neste momento estou a frequentar o curso profissional de restauração, que é uma área que gosto, mas futuramente não sei se é o ramo que seguirei”.

HÁ CINCO ANOS NA TOMATUBIKERS

Joana Santos já está no ciclismo há alguns anos e lembra como tudo começou: “o ciclismo apareceu na minha vida por diversão. Fazia uns passeios com um grupo de amigos da minha freguesia que mais tarde transformou-se numa equipa, a equipa BrufeBTT. Foi a primeira equipa a que pertenci”, entretanto: “surgiu o convite para ingressar na Tomatubikers e foi assim que comecei a competir. Já estou na equipa há cinco anos”.

“CHEGAR O MAIS LONGE POSSÍVEL”

Quanto às ambições que tem no ciclismo, a jovem ciclista de Famalicão pretende “chegar o mais longe possível”, mas, salienta, “acima de tudo usufruir de cada momento do BTT”.

Dentro do ciclismo, Joana Santos não fecha as portas às outras vertentes, mas garante que “a vertente do XCO é a que mais me cativa, mas não fecho as portas a outras vertentes no futuro”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS