BASQUETEBOL

Maria Fonte lembra ‘Torneio 25 de Abril – Homenagem a Cremildo Pereira’

A Póvoa de Lanhoso deveria ter sido hoje palco da festa do minibasquetebol com a realização do Torneio 25 de Abril – Homenagem a Cremildo Pereira 2020, evento organizado pelo Maria da Fonte. A pandemia do Covid-19 que assola o mundo obrigou ao cancelamento do torneio e pode trazer ainda mais consequências à modalidade e em concreto ao minibasquetebol no Maria da Fonte.

Jorge Henriques, coordenador da secção de Basquetebol do Maria da Fonte, lembra que esta é a primeira vez em muitos anos que o Torneio 25 de Abril não se realiza. E qual a sensação?

“É algo estranho, pois desde que estou ligado ao basquetebol é a primeira vez que o torneio não se realiza. Estamos tristes por não podermos realizar mais uma edição, mas com um sentimento de dever cumprido, pois a situação atual que vivemos teria que ter da nossa parte uma posição de respeito e compreensão pelas medidas de confinamento que o plano de emergência nacional nos impõe”, disse o responsável máximo do Basquetebol do Maria da Fonte.

ATLETAS PODEM AFASTAR-SE DO MINIBASQUETEBOL

O cancelamento de todas as provas e treinos pode, no entanto, ter muitas consequências negativas e pode mesmo levar ao afastamento dos atletas do minibasquetebol…

“O futuro dirá, mas, infelizmente, não prevejo consequências positivas. Antes desta paragem da atividade estávamos num crescendo de entrada de jovens atletas no Minibasquete. Isto veio interromper esse crescimento e talvez leve a alguns receios de continuidade destes jovens atletas, que há muito pouco tempo ingressaram na modalidade”, referiu Jorge Henriques, que lembrou que “este torneio era a forma de virmos para a rua e mostrar o nosso trabalho à sociedade e com isto cativarmos mais jovens a ingressarem na modalidade. A impossibilidade da realização do torneio vem levar a um retrocesso na nossa possibilidade de captação”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS