Sem categoria

Inês Rodrigues confiante no regresso à competição

Inês Rodrigues joga do Clube de Ténis de Braga (CTB) e está confiante no regresso à competição ainda este ano. A atleta cumpre o seu último ano no escalão de Sub-16 e devido à pandemia do Covid-19 vê a época bastante comprometida.

A atleta do clube bracarense mantém-se ativa, seguindo um plano de treinos enviado pelo treinador, mas reconhece que quando a época recomeçar a forma não será a desejada.

“Recebi do nosso treinador, Hélder Araújo, um plano de treino físico, que contempla diversas vertentes, como a força, resistência e flexibilidade”, começou por referir Inês Rodrigues, que acrescentou que “os treinos são enviados semanalmente pelo treinador e são variados, semana a semana. Tenho espaço em casa que me permite executar todos esses exercícios”.

Inês Rodrigues confessou que “custa muito” estar longe da rotina do dia a dia “sem as idas aos ‘courts’ do Clube de Ténis de Braga”, mas garante que “vou tentando manter o melhor possível a condição física para encarar o regresso que ainda vai demorar algum tempo. Quando as coisas estabilizarem e houver condições, regressaremos aumentando gradualmente a intensidade ao longo do tempo”.

De referir que os planos de treinos enviados semanalmente aos jogadores foram elaborados por Hélder Araújo e Filipe Falcão, treinadores do Clube de Ténis de Braga.

VICE-CAMPEÃ POR EQUIPAS

Antes da suspensão das competições, Inês Rodrigues disputou o Campeonato Regional por Equipas, escalão de Sub-16, em que o Clube de Ténis de Braga se sagrou Vice-Campeão Regional, garantindo assim o apuramento para o Campeonato Nacional. Curiosamente, a equipa do CTB integrava para além da própria Inês, a sua irmã Raquel, e Laura Durão e Helena Bueno.

VÁRIOS TREINOS ANULADOS

Inês Rodrigues tinha agendados vários torneios para esta altura do ano. Entre outros, ia participar nos torneios A de Sub-16 anos, a disputar na Figueira da Foz (abril) e Paços de Brandão (maio) e alguns torneios internos a realizar pelo seu clube, o Clube de Ténis de Braga.

Agora, resta esperar que a paragem não seja muito demorada, e que consiga, até ao fim do ano, participar em algumas competições, neste que é o seu último ano como atleta do escalão de Sub-16 anos.

TÉNIS JÁ REGRESSOU EM ALGUNS PAÍSES

A República Checa, primeiro, e Áustria, a partir de maio, já decidiram, abrir o ténis, com dois jogadores por campo, enquanto a Austrália não chegou a fechar. O plano para o regresso aos treinos passa por os jogadores tentarem mexer o menos possível nas bolas, limitando o treino nos ‘serviços’, com bolas marcadas, de maneira a que cada jogador só peque nas ‘suas’ bolas, previamente marcadas, com as portas dos clubes abertas, e um intervalo significativo entre os treinos.

No caso da Áustria, a partir do dia um de maio será possível serem retomados os treinos noutros desportos como golfe, a equitação, o tiro e o esqui.

As pistas de atletismo serão outras das instalações desportivas a reabrirem na viragem do mês, estimando-se que sejam cerca de 600 os atletas profissionais com ‘regresso ao trabalho’ marcado para o primeiro dia de maio.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS