NATAÇÃO

Viana NC mantém-se ativo ‘em casa’

O Viana NC viu adiados todos os sonhos e objetivos traçados para esta fase da época devido à pandemia do coronavírus. O clube tinha-se preparado com afinco para uma das fases mais movimentadas da época, com a realização do Torneio Zonal de Infantis e dos Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos, que se deveriam ter realizado em finais de março.

Nos Campeonatos Regionais de Infantis, Juvenis, Juniores e Absolutos da Associação de Natação do Minho, realizados de seis a oito de março, em Braga, o Viana NC foi o segundo clube na estatística de medalhas, com 65 no total, sendo 36 de ouro. Com estes resultados a equipa vianense reforçou a sua presença não só no Torneio Zonal de Infantis, como nos Campeonatos Nacionais que estavam marcados Coimbra.

JOSÉ COUTEIRO: “ÉPOCA TERMINOU NA PIOR ALTURA POSSÍVEL…

ESTAMOS A ENTRAR NA MELHOR FASE”

“Infelizmente a época terminou na pior altura possível porque estávamos a entrar na melhor fase. A preparar as participações nas principais competições da época de inverno, os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Seniores e os Torneios Zonais de Infantis. Depois entraríamos na época de verão que é sempre a mais agradável porque é onde se disputam mais provas” começou por referir José Couteiro, coordenador técnico do Viana NC, que acrescentou que “ainda por cima tínhamos os atletas Infantis B que se iriam estrear este ano no torneio zonal e, posteriormente, nos Campeonatos Nacionais do escalão e estas novas experiências terão de ser adiadas para 2021”.

“MANTEMOS O CONTACTO COM TODOS OS ATLETAS DAS EQUIPAS DE COMPETIÇÃO”

Apesar da suspensão dos treinos e do encerramento da época de natação, o Viana NC mantém-se em contacto com todos os atletas, que diariamente seguem um plano de treinos…

“O Viana Natação Clube está com toda a atividade suspensa, mas mantemos o contacto com todos os atletas das equipas de competição através de propostas de treinos diários em circuitos de exercícios de treino físico em seco e também mantendo o espírito de ligação ao clube com iniciativas de concursos diversos, destinados sobretudo aos atletas mais novos”, disse José Couteiro.

O coordenador do Viana NC lembrou que “o clube tem duas técnicas com contrato de trabalho, e de forma exemplar está a desenvolver um esforço para cumprir esses contratos, e essas técnicas estão a desenvolver essas atividades e a ligação e contacto entre os atletas através das plataformas digitais”.

“ESTAMOS FOCADOS EM PRESERVAR E CUIDAR DO PRESENTE”

Quanto ao futuro, José Couteiro referiu que “sabemos que a próxima época desportiva já está a ser preparada pela Federação Portuguesa de Natação ao nível dos regulamentos e datas das competições nacionais. A nossa preocupação agora é a incerteza quanto à data de reabertura das piscinas e quando poderemos colocar os atletas em treino. E não só os atletas, o normal funcionamento do clube inclui também a escola de natação onde todos os nossos atletas são formados e captados para as equipas de competição. As condições do regresso à normalidade possível determinarão a forma como o clube se organizará e planeará esse futuro”.

De qualquer forma “no momento estamos focados em preservar e cuidar do presente e fazer com que os nossos atletas se mantenham bem ativos, ligados à equipa e ao clube e preparados dentro das possibilidades para regressarem à água na melhor condição possível”.

“E desejamos também que todos eles e as respetivas famílias ultrapassem esta fase pandémica sem problemas de saúde. O mesmo desejamos a todos os utentes do clube, respetivos familiares e amigos da natação”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS