HÓQUEI EM PATINS

FPP anula Campeonatos Nacionais Jovens e Inter-Regiões

A Federação de Patinagem de Portugal decidiu dar por terminadas todas as competições da formação de Hóquei em Patins da época 2019/2020.

Numa decisão tornada pública esta noite, a FPP referiu que levou em consideração a evolução da pandemia em Portugal, o prolongamento do estado de emergência e as diretrizes emanadas pela Organização Mundial de Saúde.

Por isso, decidiu anular os Campeonatos Nacionais Jovens de Hóquei em Patins (Sub-23, Sub-19, Sub-17, Sub-15 e Sub-13), bem como o Torneio Inter-Regiões Sub-15 ‘Páscoa em Patins’, as ações OIST 2019/2020, os Centros de Treino de Sub-175 e Sub-19, bem como os Centros de Treino de Seniores Femininos.

FILIPE CARNEIRO CONSIDERA DECISÃO ACERTADA

Filipe Carneiro, selecionador regional da Associação de Patinagem do Minho, considera que esta é uma decisão acertada devido à pandemia que atravessamos…

“Atendendo ao cenário que o país atravessa, e com os exemplos que temos dos nossos países vizinhos, na minha opinião é a decisão mais acertada.  Não podemos colocar as competições à frente da saúde pública…”, começou por referir Filipe Carneiro.

“INTER-REGIÕES É A QUE NOS DEIXA MAIS PENA”

Para o selecionador regional “a questão do Inter-Regiões é a que nos deixa mais tristes, mas era inevitável. Para muitos dos jogadores era a única oportunidade que teriam para participar num torneio desta envergadura. No entanto eles têm de perceber que é por uma causa maior e que terão toda uma vida/carreira para provarem o seu valor e desfrutarem ainda mais a cada oportunidade que tiverem de entrar no ringue para jogarem hóquei…sairemos todos mais fortes depois desta batalha!”.

Já a questão das ações do OIST “não é assim tão relevante uma vez que é apenas uma ação que visa observar jovens com talento e eles continuarão referenciados para o futuro das seleções”.

FILIPE CARNEIRO: “HORA DE REPENSAR TODA A FORMAÇÃO”

Com a paragem das competições das camadas jovens, Filipe Carneiro considera que esta é a hora de repensar toda a formação.

“Julgo que é hora de repensar toda a formação, aproveitar o momento para perceber em que modelos competitivos devemos basear a formação, ou se queremos apenas competir com jovens como se de seniores se tratassem” referiu Filipe Carneiro, que adiantou que “julgo que os clubes e federações estão já de olhos postos na próxima época…se voltarmos em setembro (a correr bem) temos sete meses para os clubes e associações prepararem-se e apostarem na formação de uma forma real! Não se pode querer formações fortes, atletas com valor se depois o investimento na formação, de jovens atletas é reduzido a zero. Andamos todos a tapar o sol com a peneira e depois ficámos muito surpreendidos pela falta de bons resultados, nomeadamente nos campeonatos nacionais e nas seleções regionais”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS