BASQUETEBOL

FP Basquetebol cancela época nacional da formação

As competições nacionais (Campeonato e Taça) de Sub-14, Sub-16, Sub-18 e Sub-19 da temporada 2019/20 foram canceladas. A decisão saiu da reunião de Direção da FPB que se realizou esta quinta-feira.

Reunida numa sessão extraordinária, por videoconferência, a Direção da FPB analisou a o anúncio do Governo sobre as aulas, que não serão retomadas as aulas presenciais para os alunos do Ensino Básico e 10.º ano de escolaridade, sendo que as aulas relativas aos 11.º e 12.º anos só serão retomadas se se verificarem as condições para tal.

Em face deste anúncio, decidiu a Direção da Federação Portuguesa de Basquetebol dar por terminadas todas as provas nacionais da época 2019/2020 dos escalões de formação (Sub-14, Sub-16, Sub-18 e Sub-19). Em consequência deste términus, decidiu também que, na época 2020/2021, as Associações manterão as mesmas vagas nos Campeonatos Nacionais Jovens na época 2019/2020.

Se efeito ficou ainda a 10.ª Festa Nacional do Minibasquete, que se deveria realizar em julho em Paços de Ferreira.

Quanto às competições seniores, Nuno Manaia, Diretor Técnico Nacional, fez uma apresentou algumas soluções para a conclusão das competições seniores da presente época. No entanto, a FPB pretende ouvir clubes e Associações nas diversas reuniões que estão agendadas até final do presente mês de abril.

AB BRAGA “QUEREMOS DAR O NOSSO CONTRIBUTO PARA O REGRESSO À NORMALIDADE”

A Associação de Basquetebol de Braga recebeu a notícia do cancelamento das provas nacionais, mas prefere aguardar antes de tomar qualquer decisão.

José Gomes, Director Técnico Regional, referiu que “esta decisão é para as provas nacionais. Vamos esperar e ver como vai evoluir a situação da pandemia para depois tomarmos qualquer decisão. Certo é que nós vamos tentar ter algumas atividades, desde que se tenham condições para isso”.

“Nós queremos dar o nosso contributo para ajudar a comunidade a voltar à normalidade”, garantiu José Gomes, que acrescentou que “se calhar teremos de deixar cair algumas provas, mas gostávamos de realizar a ‘Final Four’ do Campeonatos Distrital de Sub-14 e mais uma ou outra prova. Vamos ouvir os clubes e decidir o que fazer”.

“FAZER ALGUMAS COISAS…QUANDO FOR POSSIVEL”

José Gomes confessou que “por minha vontade ainda fazia algumas coisas, pelo menos, em junho ou julho, desde que seja possível. Penso que era importante e dávamos o nosso contributo para o regresso da comunidade à normalidade. Essa seria a nossa forma e ajudar” e adiantou que “claro que falar disso neste momento é prematuro porque ainda tudo é uma incerteza. Depende muito do tempo que esta pandemia vai levar a passar. Ainda ninguém sabe o que vai acontecer”.

O  Diretor Técnico Regional lembrou que “nós paramos muito antes da decisão do governo porque para nós a vida vale muito mais que qualquer outra coisa. Não tenho problemas de tomar a decisão de ser dos últimos a pôr tudo a funcionar. Gostávamos de contribuir para o regresso à normalidade, mas só o faremos quando for possível”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS