CICLISMO

Seissa com balanço positivo da Prova de Abertura

A Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact faz um balanço positivo da sua participação na Prova de Abertura de estrada em Cadetes, que se realizou no domingo em Cantanhede.

O conjunto barcelense saiu desta Volta a Cantanhede com um atleta no Top10 e duas Camisolas (Branca e Vermelha).

Hélder Braga, diretor desportivo da ACR Roriz, lembrou que equipa foi desfalcada para Cantanhede, mas mesmo assim alcançou bons resultados.

HÉLDER BRAGA “FIQUEI BASTANTE SATISFEITO COM A ATITUDE DELES”

“O balanço é bastante positivo, a equipa de Cadetes apresentou-se em Cantanhede com duas baixas devido a doença, o Pedro Pinto e o Guilherme Vilas Boas que estiveram hospitalizados, e a quem queríamos desejar umas rápidas melhoras”, começou por referir Hélder Braga, que adiantou que “fiquei bastante satisfeito com a atitude dos nove atletas presentes. No global estiveram todos muito bem para esta altura do ano. Claro que sabemos que ainda há muito trabalho pela frente”.

CONQUISTA DE DUAS CAMISOLAS

Sobre a prova em, Hélder Braga referiu que “foi uma prova que se fez debaixo chuva e num percurso bastante técnico, partimos com o objetivo de estar sempre bem posicionados para evitar quedas e estar na discussão dos momentos decisivos da prova. Conseguimos vencer as três primeiras metas volantes, que resultou na conquista da Camisola Vermelha, referente à classificação das Metas Volantes. Vencemos ainda a Classificação da Juventude”.

Mas nem tudo correu bem: “tivemos dois elementos que foram vítimas de queda e de furo, mas felizmente nada de grave”.

“Em suma os nossos alunos estão de parabéns pelos resultados obtidos, ainda há muita aprendizagem pela frente, mas não tenho dúvidas que vamos ter um excelente ano”.

Fotos: Vilanovense/Pedalar no Clube

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS