CICLISMO

Quatro clubes minhotos na Volta a Cantanhede em Cadetes

São quatro os clubes minhotos que domingo participam na Prova de Abertura de Cadetes – Volta a Cantanhede, prova que se inicia às 15 horas e tem uma extensão de 80 quilómetros.

Escola de Ciclismo Carlos Carvalho, Tensai/Sambiental/Santa Marta, CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor e Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact apresentam-se com mais ou menos atletas, mas uma grande vontade de fazer o melhor possível já nesta Prova de Abertura.

DIOGO MENDES REPRESENTA EC CARLOS CARVALHO

Diogo Mendes é o ciclista que representa a equipa de Famalicão da Escola de Ciclismo Carlos Carvalho. O atleta, que na época passada se estreou em Cadetes e deu nas vistas, recebendo aliás o Prémio Combatividade do Grande Prémio RS Bikes, parte para a Prova de Abertura com confiança.

“Estou a encarar com confiança esta primeira prova. Vai ser uma prova difícil, mas é a primeira e vou tentar dar o meu melhor”, começou por referir o ciclista da equipa famalicense.

Diogo Mendes considera que “o percurso da prova parece-me um pouco difícil, é longo e não é muito acessível, mas darei o meu melhor”.

O atleta da EC Carlos Carvalho lembrou que “fiz um bom trabalho na pré-época e sinto que estou preparado para o arranque da temporada. Vamos ver como corre”.

SAMUEL MARTINS: “DAR O MEU MELHOR”

Samuel Martins, ciclista de Perre que representa a Tensai/Sambiental/Santa Marta, prepara-se para se estrear na categoria de Cadetes. Por isso, aguarda com ansiedade a Prova de Abertura – Volta a Cantanhede.

“Estou a encarar a prova de domingo com naturalidade. Como é o meu primeiro ano na categoria não tenho ideia como é o percurso da Volta a Cantanhede. Sei, isso sim, que vou dar o meu melhor para ajudar a equipa e dignificar as cores da Tensai”, começou por referir Samuel Martins.

O ciclista da Tensai garante que “sinto-me preparado para o arranque da época. Tenho trabalhado para fazer uma boa época”.

Samuel Martins entra para 2020 com a ideia de “procurar sempre dar o meu melhor e conquistar os melhores resultados possíveis”.

PEDRO PINTO: “PODEMOS LUTAR PELA VITÓRIA”

Pedro Pinto é uma das grandes apostas da equipa de Cadetes da Seissa|KTM-Bikeseven|Matias&Araújo|Frulact para a presente época. O ciclista de Guimarães deu nas vistas no se primeiro ano de Cadetes, tendo sido uma peça preponderante na equipa de Barcelos.

Pedro Pinto parte para a nova temporada confiante e diz-se preparado para a Volta a Cantanhede.

“Tenho preparado a prova de domingo já com muita antecedência e espero ter uma boa prestação. Tenho uma equipa muito boa e, por isso, acredito que podemos lutar pela vitória”, começou por referir o atleta da Seissa.

Quanto aos objetivos para a época, Pedro Pinto confessou que “o meu grande sonho era acabar o ano com a Camisola de Campeão Nacional. Vamos ver como corre a época”.

JOÃO FERNANDES: “CHEGAR NO PELOTÃO”

João Fernandes, ciclista que trocou a Maia pela CC Barcelos, diz-se preparado para o arranque da época. Cadete de segundo ano já conhece o percurso da Volta a Cantanhede e garante que vai tentar chegar inserido no pelotão.

“Conheço o percurso da Volta a Cantanhede, é extenso, mas não é muito complicado. Vou tentar chegar no pelotão”, começou por dizer o jovem do CC Barcelos.

João Fernandes diz-se preparado para o arranque da época: “fizemos uma boa pré-época, penso que estou bem para esta Prova de Abertura. Há algum nervosismo, que é normal, porque é a primeira prova, mas penso que estamos preparados para dignificar as cores do clube”.

Quanto aos objetivos da época, João Fernandes mostrou-se comedido: “o primeiro grande objetivo é chegar ao fim das corridas sempre inserido no pelotão. Se tiver hipóteses para mais, não hesitarei, mas vamos ver como correm as coisas”.

CC BARCELOS COM EQUIPA REFORÇADA

O CC Barcelos apresenta este ano uma equipa muito nova em Cadetes, onde se destacam os irmãos Rodrigo e Leonardo Neves, que sobem dos Juvenis. Mas a equipa barcelense conta ainda com Francisco Martins, atleta da zona de Areias de Vilar, André Ribeiro, Luís Moreira, Tomás Teixeira e João Fernandes, atleta oriundo da Maia.

A equipa tem trabalhado bem e pode dar nas vistas já nesta primeira prova.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS