NATAÇÃO

Maria Martins (AD Fafe) bate recorde nacional

Maria Martins, da Associação Desportiva de Fafe, bateu na tarde deste domingo o recorde nacional na prova dos 100m Mariposa em Infantis B, durante a última sessão dos Campeonatos Regionais de Infantis da Associação de Natação Norte Portugal.

A atleta da AD Fafe fez o percurso em 1:14.71, estabelecendo assim uma nova marca para os 100m Mariposa. Maria Martins foi ainda a nadadora com melhor performance em Infantis B.

A AD Fafe saiu destes regionais com várias marcas batidas, destacando-se os recordes obtidos pelas estafetas de 4x100m Livres e 4x100m Estilos em Infantis B.

A Associação Desportiva de Fafe foi ainda a segunda equipa com mais medalhas somadas em Infantis B, com seis de ouro, sete de prata e três de bronze.

GDN FAMALICÃO DOMINA INFANTIS A

O GDN Famalicão dominou por completo a categoria de Infantis A destes Campeonatos Regionais da ANNP. A equipa de Famalicão somou um total de 28 medalhas, 16 de ouro, cinco de prata e sete de bronze.

A formação de Famalicão alcançou ainda vários recordes nacionais e viu três dos seus nadadores ocuparem os primeiros lugares na lista dos multi-medalhados.

Assim, Rodrigo Pereira foi o nadador que mais medalhas conquistou, oito de ouro e uma de prata, seguido por Tomás Costa (7+0+2) e Francisco Silva (7+0+1). Rodrigo Pereira foi ainda o nadador com melhor performance masculino em Infantis A.

RESULTADOS

200m Livres

Infantis A: 2.º Mafalda Mesquita (Famalicão)

Infantis B: 1.º Maria Martins (AD Fafe)

100m Livres

Infantis A: 3.º Filipe Sá (Famalicão)

Infantis B: 2.º Tiago Costa (Famalicão); 3.º António Costa (AD Fafe)

100m Bruços

Infantis B: 2.º Laura Castro (AD Fafe)

200mMariposa

Infantis A: 1.º Rodrigo Pereira (Famalicão)

Infantis B: 2.º António Costa (AD Fafe)

100m Mariposa

Infantis B: 1.º Maria Martins (AD Fafe, recorde nacional)

4x100m Estilos

Infantis A: 1.º Famalicão

Infantis B: 3.º Famalicão.

4x100m Livres fem

Infantis B: 3.º Famalicão

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS