Sem categoria

Clubes minhotos no 2.º Open de Patinagem Artística

Academia de Patinagem de Braga, Escola de Patinagem Artística de Basto, Famalicense, Grupo Nun’Álvares e HC Braga marcam presença este fim de semana no 2.º Open de Patinagem Artística, que se realiza no Pavilhão de Albergaria a Velha.

Este Open é o segundo de cinco momentos de possibilidade dos atletas adquiriram ranking para participação no Campeonato Nacional ou no Torneio Nacional.

Os cinco clubes do Minho partem confiantes em assegurar a pontuação para o Campeonato Nacional.

HC BRAGA COM CINCO ATLETAS

O HC Braga leva a este Open cinco meninas: Carolina Cruz, Beatriz Sousa, Eduarda Penedos, Diana Nogueira e Raquel Correia, que hoje mesmo efetuaram um treino no Pavilhão de Albergaria a Velha.

Anabela Costa, treinadora do HC Braga, referiu que “as meninas estão preparadas para este Open. O treino correu muito bem e estamos confiantes que elas poderão fazer uma boa prova e uma boa pontuação”.

O HC Braga leva a este Open três iniciadas e duas Juvenis e o objetivo “de assegurar o apuramento direto para o Campeonato Nacional. Tudo depende da pontuação que obtiverem. Elas estão bem preparadas e vamos esperar que a prova corra bem”.

De referir que neste Open, tal como em todos os outros, as atletas têm a possibilidade de assegurar o apuramento para o Campeonato Nacional ou Torneio Nacional.

AP BRAGA LEVA NOVE ATLETAS

A Academia de Patinagem de Braga faz-se representar por nove atletas na modalidade de solo dance.

Assim, a AP Braga leva quatro atletas iniciadas: Catarina Mendes Pereira; Margarida Sofia Silva; Leonor Cepa Santos é Mariana Marques Ferreira.  Dois atletas juvenis: Lara Alves Pereira e Nicole Antunes Amorim. Dois atletas juniores Mafalda Faria Afonso e a Margarida Cunha Costa e um atleta sénior Rui Silva.

Teresa Cunha, diretora, referiu que o clube tem como objetivo assegurar o apuramento para o Campeonato Nacional.

“O objetivo é que todos estes atletas consigam atingir os mínimos exigidos que deem acesso ao Campeonato Nacional de Solo Dance”.

Afirmando que “nós acreditamos que vamos conseguir atingir os objetivos”, Teresa Cunha adiantou que “os atletas têm treinado com muito empenho e vontade com o apoio incondicional da treinadora Iara Rocha”.

DÉBORA MARINHO REPRESENTA EPAB

Débora Marinho é a atleta que representa a Escola de Patinagem Artística de Basto. A atleta vai atuar na categoria de Cadete em Patinagem Livre.

GRUPO NUN’ÁLVARES COM A MAIOR COMITIVA

O Grupo Nun’Álvares é o clube do Minho que leva a maior comitiva, 12 atletas. São elas: Ana Clara Souza, Ana Vitória Rodrigues, Beatriz Oliveira, Carolina Costa, Francisco Andrade, Gonçalo Cunha, Isabela Pfister, Leonor Magalhães, Luísa Castro, Maria Castro, Maria João Ferreira e Mariana Castro.

FAMALICENSE LEVA DUAS ATLETAS

O Famalicense também marca presença neste segundo Open levado duas atletas, que vão competir em Patinagem Livre.

Bruna Moreira Silva vai atuar na categoria de Juvenis e Catarina Monteiro Mendes em Juniores.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS