BASQUETEBOL

Seleção Sub-16 feminina da AB Braga no bom caminho

A Seleção de Sub-16 feminina da Associação de Basquetebol de Braga está no bom caminho, quem o garante é a equipa técnica composta por Tânia Gomes e José Costa.

A Seleção realizou um estágio de cinco dias no Pavilhão EB2,3 Apúlia, realizando sessões bi-diárias e a equipa técnica saiu bastante satisfeita com o trabalho realizado.

 

JOSÉ COSTA: “EQUIPA ESTÁ PRÓXIMA DAQUILO QUE IDEALIZAMOS”

 

“O estágio correu bem. A equipa deu um salto qualitativo, está melhor coletivamente e mais próxima daquilo que idealizamos como modelo de jogo”, começou por afirmar José Costa, que acrescentou que “queremos ser uma equipa com personalidade e mostrar isso na Festa do Basquetebol e estamos num bom caminho para conseguir isso”.

José Costa referiu ainda que gostou “de ver a evolução das atletas e da equipa, da ética de trabalho. Acho que demos um salto nesse sentido”.

 

EQUIPA REDUZIDA

 

De resto, este estágio já serviu para reduzir o grupo de trabalho. Começou com 18 atletas e a equipa técnica já escolheu as 15 com quem vai trabalhar…

“Temos uma ideia da equipa que queremos e a mensagem que passamos e que acreditamos é que estas 15 já são a nossa equipa! Das 18 que começaram o estágio ficamos com 15 que acreditamos ser o grupo final”.

 

AS ESCOLHIDAS

 

A equipa técnica composta por Tânia Gomes e José Costa reduziu o grupo de trabalho para 15 atletas, que vão agora preparar a participação da ABB na Festa do Basquetebol de Albufeira, que se realiza no início de abril.

A equipa é composta pelas seguintes atletas:

SC Braga: Mariana Gomes, Carolina Alves, Ana Catarina Pinheiro e Filipa Lobo.

BC Barcelos: Maria Silva e Ana carvalho.

GDAS: Laisa Chaindela.

Vitória SC: Helena Silva, Luísa Cruz e Maria Eduarda Bruno.

Maria da Fonte: Filipa Gomes, Miriam Gonçalves, Inês Fernandes, Leonor Dias e Lara Fernandes.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS