FUTSAL

Lusa e Piratas de Creixomil decidem título de Campeão

Lusa-AD Braga e Piratas de Creixomil decidem este sábado a atribuição do título de Campeão Inter-Distrital de Juvenis Masculinos de Futsal da Associação de Futebol de Braga/AF Viana do Castelo.

Os dois clubes encontram-se este sábado, na última jornada do campeonato, num jogo que está marcado para as 15 horas, no Pavilhão Municipal de Frossos. À entrada para a última jornada os conjuntos dividem o comando com 41 pontos, e, portanto, só a vitória interessa para conquistar o título.

MIGUEL GONÇALVES “TEMOS UM GRANDE ORGULHO NO NOSSO TRAJETO”

Miguel Gonçalves, treinador da Lusa, considera que a sua equipa ultrapassou todas as expetativas, por isso, “acima de tudo, todos temos um sentimento de orgulho no nosso trajeto até aqui. Um sentimento de dever cumprido até, uma vez que nunca fomos considerados como candidatos a vencer este campeonato e, consequentemente, podermos atingir um lugar na Taça Nacional”.

Miguel Gonçalves confessou que esta foi uma semana diferente de trabalho: “diferente de uma forma positiva, há no seio do grupo uma vontade grande de jogar e uma união muito grande também. Temos muito respeito pela equipa dos Piratas de Creixomil, mas estamos tranquilos e motivados”.

Para o jogo do título Miguel Gonçalves não tem toda a equipa disponível: “temos uma baixa confirmada, um dos nossos atletas sofreu uma lesão no joelho com alguma gravidade e em princípio, com muita pena nossa, poderá não jogar mais esta época. Temos ainda um atleta a recuperar de uma gripe que esperamos que esteja apto para amanhã”.

PEDRO BARROSO “A EQUIPA ESTÁ CONFIANTE E UNIDA”

“Para este jogo a nossa equipa sente-se confiante e acima de tudo está unida”, foi assim que Pedro Barroso, capitão da equipa de Juvenis da Lusa começou por abordar o jogo deste sábado.

Pedro Barroso, de 16 anos de idade, referiu ainda que “olhamos para esta partida como sendo a mais importante e decisiva da época e que determina o Campeão Distrital”.

Para o capitão de equipa bracarense, a Lusa tem alguns pontos fortes que podem ser uma mais valia no encontro do título. “Os nossos pontos fortes são a união, o espírito de grupo e sobretudo a amizade que nos une. Uma união que acabou por sair reforçada depois da lesão grave que o Gui sofreu. Um jogador super importante para o nosso grupo, que se uniu ainda mais para lhe poder dedicar este título”.

A Lusa conta, nesta jornada, com o fator casa, algo que até pode dar mais responsabilidade… “O jogo sendo em nossa casa não nos traz pressão, dá-nos isso sim uma motivação extra. Todos os jogos em nossa casa contamos com os nossos adeptos para vencermos os jogos e contamos com eles para vencermos mais esta batalha”.

JÚLIO GRAÇA: “VAMOS FAZER TUDO PARA GANHAR”

Júlio Graça, treinador do Piratas de Creixomil, referiu que a sua equipa está confiante, mas ciente das dificuldades.

“Estamos a encarar o jogo com muita confiança sabendo das dificuldades que vamos encontrar, pois a Lusa é um adversário com muita qualidade”, disse Júlio Graça, que adiantou que “trabalhamos muito durante a semana e estamos preparados para este grande jogo. Sinto a equipa muito confiante, mas consciente das dificuldades que vamos encontrar”.

O treinador do Piratas de Creixomil considera que o principal ponto forte da equipa é a união: “somos uma equipa que varia o jogo em dois sistemas 4×0 e 3×1, pressionamos muito e fazemos muitos golos, mas o grande segredo é a união do grupo que é muito forte”.

“Eu acredito muito na minha equipa e prometemos que vamos fazer tudo para ganhar”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS