CICLISMO

João Santos e Raquel Cunha entram a ganhar em Ponte da Barca

SONY DSC

João Santos, AXPO / FirstBike Team / Vila do Conde, e Raquel Cunha, União Ciclista de VC Famalicão-CC Avidos, foram os vencedores da categoria de Master 30 na I Maratona BTT Ponte da Barca, que decorreu entre trilhos e caminhos rurais do Município de Ponte da Barca.

A I Maratona BTT Ponte da Barca foi a primeira prova da época 2020 do Campeonato do Minho de BTT XCM – Discover Melgaço, tendo sido organizada pela União Ciclista Ponte da Barca, em parceria com a Câmara Municipal de Ponte da Barca, Junta de Freguesia de Ponte da Barca e a Associação de Ciclismo do Minho.

Raquel Cunha foi a grande vencedora da prova feminina, tendo feito o percurso em 2:36:52h, deixando a Campeã do Minho Mónica Serrano (Bombos S. Sebastião/MonçãoBike) na segunda posição.

Já em masculinos, João Santos fez a prova em 3:27:23h, deixando o seu mais direto perseguidor, Daniel Santos (individual) a mais de 10m. Nuno Ribeiro, da União Ciclista de VN Famalicão-CC Avidos terminou em terceiro.

MÓNICA SERRADO: “PROVA CORREU BEM”

Mónica Serrano, ciclista dos Bombos S. Sebastião/MonçãoBike que enverga a Camisola de Campeã do Minho, terminou a primeira prova do ano na segunda posição, mas saiu de Ponte da Barca satisfeita.

“A prova correu muito bem” disse Mónica Serrano, no final do percurso que se desenrolou pelos trilhos e caminhos de Ponte da Barca.

A Campeã do Minho de Master 30 referiu que “foi uma prova muito dura e com a chuva tornou-se mais difícil, com o piso mais pesado, mas foi igual para todos”.

Afirmando que “fiz o melhor que pude” e quanto ao futuro, Mónica Serrano assegurou que “estou a encarar a época com tranquilidade. Vamos ver como corre. Envergo a Camisola de campeã e vou tentar mantê-la “.

JOSÉ PACHECO (SPAC BTT) DOMINA EM MASTER 35

José Pacheco, da SPAC BTT, foi o grande vencedor na prova de Master 35. O Campeão do Minho em título não permitiu grandes veleidades aos seus adversários e cortou a meta ao fim de 3:27:54h de prova.

Manuel Pereira, que corre como individual, foi segundo classificando, deixando na terceira posição José Lourenço, ciclista da SPAC BTT, ele que foi Campeão de Master 30 na época passada.

JOSÉ PACHECO “A INTENÇÃO É DEFENDER A CAMISOLA”

SONY DSC

José Pacheco, ciclista da SPAC BTT que enverga a Camisola de Campeão do Minho, considerou a prova de Ponte da Barca bastante dura.

“Esta foi uma prova de início de época, ainda estamos a apurar a forma. De resto, a prova era bastante dura, com a chuva o terreno ficou mais pesado e perigoso, o que dificultou mais a nossa tarefa. Mas foi para todos. Acabou por correr bem para a equipa”, começou por afirmar o ciclista da SPAC.

José Pacheco garante que “a intenção é, sem dúvida, defender o título. Tudo irei fazer para reconquistar o título de Master 35 e continuar a envergar a camisola de Campeão do Minho, mantendo-a na equipa”.

CARLOS ROCHA (SAERTEX) VENCE EM MASTER 40

SONY DSC

Carlos Rocha (SAERTEX Portugal/Edaetech) e Raquel Marques (Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde) venceram em Master 40.

O ciclista de Viana do Castelo da SAERTEX Portugal/Edaetech cortou a meta ao fim de 3:37:58h, deixando o seus mais diretor perseguidor a mais de cinco minutos. Armando Taipa (Bombos S. Sebastião/MonçãoBike) foi segundo classificado e Filipe Brito (individual) fechou o pódio.

Na prova feminina, Raquel Marques deixou a segunda classificada, Ana Gonzalez (Mitt X-Sauce Berria) a mais de três minutos, enquanto Helena Teixeira (SPAC BTT) fez terceiro lugar.

SONY DSC

ANTÓNIO VIANA (BOMBOS S. SEBASTIÃO) MAIS RÁPIDO

António Viana, do Bombos S. Sebastião/MonçãoBike, venceu em Master 45, deixando o Campeão do Minho Tierri Mendes (SAERTEX Portugal – Edaetech) na segunda posição, a mais de quatro minutos. Marcelino Costa (Batotas/Ponte de Lima) foi terceiro.

SONY DSC

Carlos Soares, SAERTEX Portugal – Edaetech, esteve em destaque ao ser o primeiro atleta a concluir a prova de domingo. O Campeão do Minho de Master 50 fez o percurso destinado aos Masters 50 em 1:56:03h, vencendo assim a sua categoria e deixando os seus mais diretos perseguidores a mais de 11 minutos. José Rodrigues e António Souto, ambos dos Bombos S. Sebastião/MonçãoBike, preencheram o pódio.

SONY DSC

Fernando Gonçalves (CTM – Vila Pouca/CEPSA Casa Lima Chaves) venceu em Master 5, enquanto João Amaro e José Pires (Batotas/Ponte Lima) ficaram nas posições imediatas.

Manuel Pinto (SAERTEX Portgal-Edaetech) foi o mais rápido em Master 60. O seu colega de equipa António Melo foi segundo e Benjamim Silva (União Ciclista de VC Famalicão – CC Avidos) terceiro.

SONY DSC

A SAERTEX Portugal/Edaetech foi a grande vencedora por equipas, deixando o Bombos S. Sebastião/MonçãoBike em segundo lugar e AXPO / FirstBike Team / Vila do Conde foi terceira.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS